Câmara Ardida (Spalone) (64,3 metros de profundidade). Refere-se ao fogo que destruiu a estrutura de madeira nesta parte da mina entre os séculos XVII e XVIII. As figuras de sal, esculpidas pelo mineiro Mieczyslaw Kluzek em 1972, representam "Os Penitentes", que eram mineiros experientes, vestidos em roupa ensopada, com tochas nas pontas das varas, que queimavam o metano que se formava durante as escavações para assim evitar que este gás se misturasse com o ar e causar explosões em contacto com o fogo. Minas de Sal de Wieliczka (Cracóvia), Polónia